Tag Archives: agente municipalista

Rede inicia curso de formação de Agentes em EAD

Os Agentes Municipalistas de todo o Brasil já podem se inscrever no curso de formação na modalidade EAD. A primeira turma se iniciou nesta quarta-feira, 18 de julho, com seleção realizada por ordem de inscrição.

O curso propicia que mais Agentes realizem a capacitação. O conteúdo soma-se a formação presencial, por isso, podem participar tanto Agentes que nunca fizeram o curso, quanto os que já fizeram, como forma de atualização.

“A nossa pauta municipalista é dinâmica, por isso, ele serve também como uma reciclagem”, destacou o coordenador da Rede Municipalista Augusto Braun, no lançamento do curso, durante a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

O curso será disponibilizado na plataforma de Educação Virtual da CNM no endereço www.ead.cnm.org.br. Para ter acesso completo ao site é necessário criar uma conta preenchendo o formulário de inscrição.

A capacitação foi estruturada em etapas, de modo que só é possível avançar no conteúdo com a conclusão das atividades em andamento. Entre os temas trabalhados estão pauta prioritária da CNM, licitações públicas, gestão, previdência, financiamento e processo de tramitação legislativa no Congresso Nacional.

Ao final do curso, os Agentes recebem certificado e a carteirinha de identificação, passando assim, a integrar efetivamente a Rede Municipalista.

Confira a agenda do Ação Municipalista no segundo semestre

Os encontros do Ação Municipalista da Confederação Nacional de Municípios (CNM), pelo interior do país, estão a todo vapor no segundo semestre de 2018. A agenda de julho será no Rio Grande do Norte e as inscrições devem ser realizadas online em acaomunicipalista.cnm.org.br. As atividades serão realizadas nos Municípios Extremoz, Goianinha, São Paulo do Potengi, Currais Novos, Lajes, Mossoró e Pau dos Ferros.

Além de levar informações sobre as conquistas recentes do movimento municipalista nacional, representantes da CNM também vão debater a pauta prioritária e os primeiros resultados da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

A programação dos eventos também promoverá maior incentivo a campanha pela decisão definitiva do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a redistribuição dos recursos arrecadados com a exploração dos royalties de petróleo, suspensa por decisão monocrática da Corte. A reivindicação é de que a partilha desse recurso ocorrerá entre os 5.568 Municípios. Mais informações pelo (61) 2101-6655 ou atendimento@cnm.org.br

 

Fonte: Portal CNM

Bate-papo com a CNM fala sobre campanha Municípios Lixo Zero

No encerramento da Semana do Meio Ambiente, o Bate-papo com a CNM da próxima sexta-feira, 8 de junho, vai falar sobre a campanha lançada pela Confereração Municípios Lixo Zero: um desafio de todos. Serão apresentadas ações internas da CNM, boas práticas municipais e orientações para os gestores aplicarem projetos semelhantes em seus Municípios. As técnicas Liciana Peixoto e Priscila Alvares da CNM, junto com a consultora Cláudia Lins vão esclarecer as dúvidas dos participantes sobre questões relacionadas aos temas.

O Bate-papo tem transmissão ao vivo, das 10h às 11h, pelas redes sociais da Confederação (clique nos links abaixo). Perguntas podem ser enviadas previamente para redemunicipalista@cnm.org.br.

Clique aqui e acompanhe pelo Facebook.

Clique aqui e acompanhe pelo Youtube.

Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. A data chama a atenção para a conscientização e a preservação ambiental.

Agente Municipalista, atue no levantamento sobre a crise de abastecimento nos Municípios!

A CNM está realizando um levantamento sobre a crise de abastecimento nos Municípios e a sua atuação, como Agente Municipalista, é de fundamental importância. A entidade vai reunir e consolidar no Observatório da Crise de Abastecimento nos Municípios informações que mostrem os principais impactos às administrações locais, como a oferta de serviços e a decretação da Situação de Emergência.
Por isso, é importante que você:
– Estimule que o prefeito ou prefeita responda o questionário enviado pela CNM por SMS;
– Envie para a imprensa@cnm.org.br notícias veiculadas pelas Prefeituras em relação à situação da crise e às medidas adotada;
– Utilize nas redes sociais a hashtag #CrisenosMunicípios para facilitar o levantamento das informações.

Agente Municipalista, com carteirinha, tem isenção da inscrição para a Marcha!

Promovida anualmente desde o ano de 1998, a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios se tornou o maior evento político em número de autoridades do mundo. Em sua 21ª edição, o encontro ocorre neste ano entre os dias 21 e 24 de maio, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), localizado em Brasília, em parceria com as entidades estaduais e microrregionais municipalistas. As inscrições para o evento estão abertas e seguem com preços promocionais até o dia 20 de abril. Os Agentes Municipalistas que foram aprovados no Curso de Formação e, portanto, possuem a carteirinha de identificação, podem solicitar a isenção do pagamento da inscrição. No entanto, é fundamental que o documento seja apresentado na entrada do evento, sem ele, o Agente perde o direito a isenção. Faça aqui a sua inscrição.

Os demais participantes devem realizar o pagamento exclusivamente via boleto bancário. A medida deve facilitar o pagamento e os processos internos das administrações municipais, tendo em vista que, em anos anteriores, o pagamento era efetuado por depósito bancário.

XXI Marcha

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) – organizadora do evento – destaca que a Marcha é o momento de o Congresso Nacional, o Executivo Federal e os demais poderes do Estado Brasileiro se reunirem com os municipalistas para fazer avançar as principais demandas dos Entes locais. Em 2017, o evento reuniu mais de oito mil participantes na capital federal.

“Este é o principal momento para as nossas lutas e reinvindicações ganharem destaque em Brasília e repercutirem em todos os territórios deste grande país. Seja um ator político das mudanças que realmente alcançam e beneficiam o dia a dia do cidadão”, destaca o presidente da entidade, Paulo Ziulkoski, na carta de convocação.

 

Últimos dias para se inscrever no Curso de Formação de Agentes Municipalistas, em Cuiabá/MT

O Curso de Formação de Agentes Municipalistas em Cuiabá/MT recebe inscrições até o final desta semana. A capacitação será realizada nos dias 17 e 18 de abril, no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM. O curso, que será realizado pela equipe da Rede Municipalista da Confederação Nacional dos Municípios – CNM,  tem vagas limitadas. A AMM, que é parceira na realização, está mobilizando os municípios para participaram. As inscrições podem ser feitas por meio de um link disponibilizado no site da Confederação (acesse aqui).

A capacitação é destinada a Agentes Municipalistas, indicados por prefeitas e prefeitos de municípios contribuintes da CNM. O curso é presencial, com 16h/aula e conta com atividades teóricas e práticas.

Confira a programação:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Serviço

O que: Curso de Formação de Agentes Municipalistas em Cuiabá (MT)

Quando: 17 e 18 de abril, das 8h às 18h

Onde: auditório da AMM (avenida Historiados Rubens de Mendonça, 3920, Cuiabá/MT)

Inscrições: http://www.intranet.cnm.org.br/223/22303001.asp?slCD_ORIGEM=331

Cuiabá/MT recebe curso de formação de Agente Municipalista

A programação de Cursos de Formação de Agentes Municipalistas em 2018 se inicia pelo Município de Cuiabá (MT). A atividade será realizada nos dias 17 e 18 de abril, no auditório da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM). O curso tem vagas limitadas e as inscrições devem ser realizadas preenchendo o formulário online (acesse aqui).

Podem participar Agentes Municipalistas, indicados por prefeitas e prefeitos de Municípios contribuintes da CNM. O curso é presencial, com 16h/aula e conta com atividades teóricas e práticas. Acesse aqui a programação completa.

Serviço

O que: Curso de Formação de Agentes Municipalistas em Cuiabá (MT)

Quando: 17 e 18 de abril, das 8h às 18h

Onde: auditório da AMM (avenida Historiados Rubens de Mendonça, 3920, Cuiabá/MT)

Inscrições: http://www.intranet.cnm.org.br/223/22303001.asp?slCD_ORIGEM=331

 

BA e PB são os próximos estados a receber curso da Rede Municipalista

Na penúltima semana de novembro, a Rede Municipalista vai realizar mais duas edições presenciais do curso de formação de Agente Municipalistas. As capacitações ocorrem nos dias 20 e 21 de novembro, em João Pessoa (PB), e nos dias 23 e 24  em Itabuna (BA). O curso é gratuito para Agentes Municipalistas de municípios contribuintes da CNM. As vagas são limitadas, por isso é importante realizar inscrições pelo site da Rede (clique aqui).

O Curso de Formação de Agentes Municipalistas tem duração de 16h, em dois dias e conta com uma programação que inclui atividades teórico-práticas, ministradas pelo consultor da CNM e instrutor do curso, Maurício Junqueira Zanin.

Confira a programação:

 

Saiba como imprimir seu certificado do Curso de Formação de Agente Municipalista

Agentes Municipalistas que concluíram os cursos de formação realizados nos estados MA, PR e RN, já podem imprimir seus certificados online. A nova plataforma para emissão de certificados foi desenvolvida para facilitar e agilizar a obtenção dos documentos de participação. Basta acessar o link www.rede.cnm.org.br/certificados/ e preencher os dados solicitados.

Para os outros cursos, os certificados foram enviados pelo correio. Dúvidas devem ser encaminhadas para carlos.schein@cnm.org.br

Dúvidas sobre temas da Saúde? Confira essas publicações!

Com o objetivo de auxiliar Gestores e Agentes Municipalistas, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) disponibiliza uma série de cartilhas e notas técnicas em sua biblioteca. Os temas são divididos por áreas e atualizados periodicamente. Para quem tem dúvidas sobre assuntos relacionados a Saúde, como Judicialização, PNAB, planejamento, prontuário eletrônico, entre outros, a área técnica responsável elenca algumas publicações. Confira:

 

NT nº 30/2017 -A proposta da CIT de mudança na Política Nacional de Atenção Básica – PNAB

Em julho de 2017 a Comissão Intergestores Tripartite (CIT) publicou uma minuta sugerindo modificações consideráveis na Política Nacional de Atenção Básica (Pnab), expressa na Portaria 2.488/2011.

 

 

 

 

NT nº 13/2017 – Prontuário Eletrônico do Paciente

No final de 2016, o Ministério da Saúde publicou a Resolução CIT nº 007/2016, que dispõe sobre a obrigatoriedade de implantação do Prontuário Eletrônico do Paciente. Definido como uma ferramenta (software) de acesso rápido às informações de saúde, clínicas e administrativas do paciente.

 

 

 

 

Saúde: Planejamento e gestão pública municipal

Nesta obra, integrante da coletânea, sob o título Saúde – Planejamento e gestão pública municipal, apresentamos um breve histórico do Sistema Único de Saúde (SUS), detalhamos as competências e as obrigações municipais, destacamos a necessidade de resgatar ou construir a cultura de planejamento como importante ferramenta de gestão, orientamos sobre o financiamento da saúde e os instrumentos necessários para manutenção, controle e avaliação da política. Desta forma, elaboramos uma cartilha com informações claras e abrangentes sobre o Sistema de Saúde brasileiro com enfoque na gestão municipal, mantendo desta forma, os prefeitos e os secretários municipais de Saúde informados desde o início de suas gestões.

 

10 Passos para não Judicializar

A judicialização é resultado de uma série de fatores, por isso, é necessário entender: quais, quantos e como funcionam os serviços que compõem o sistema de saúde do Município.

 

 

 

 

 

Judicialização da Saúde: Estratégias efetivas à diminuição por meio de ações locais

Comprometida com a melhoria da gestão pública e com ações concretas para diminuir a judicialização da Saúde, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca, neste estudo, experiências de redes de cooperação entre Municípios e outras entidades, em especial aquelas pertencentes ao Sistema de Justiça, somando estratégias locais para a diminuição da judicialização.
O texto apresenta um passo a passo, um incentivo ao início do processo de melhorias da gestão da Saúde e, consequentemente, da diminuição do número de ações. Cada Município e cada território deve adaptar os passos e as experiências abordadas neste documento à sua própria realidade, tendo como foco a aproximação dos Entes locais, ou seja, a formação de redes de cooperação.
Acesse o acervo completo da biblioteca em www.cnm.org.br/biblioteca